Decoração: Cadeira Eiffel Eames - História e Modelos

Se você gosta de decoração , com certeza já deve ter visto essa cadeira com design retrô que está super em alta, é a Cadeira Eames.
Descobri através do Pinterest (me acompanhe por AQUI) e também pelos perfis de Apartamentos do Instagram (me acompanhe por AQUI também).
As cadeiras Eames se tornaram ícones de design e trazem modernidade ao ambiente, apesar de sua aparência mais retrô.


POR QUE O NOME CADEIRA EAMES?

As cadeiras recebem esse nome pois foram criadas pelo design americano Charles Eames e sua esposa Ray Eames.
O casal atuou também na arquitetura, no design industrial e na construção de mobiliários icônicos como a própria cadeira Eames e a Lounge Chair (assunto para outro post).

*Veja como usar Cadeira Eames no Home Office.

MODELOS DE CADEIRAS EAMES

Cada modelo recebe siglas, essa foi a maneira que os designs encontraram para facilitar o projeto.
E cada uma das letras é referente à uma característica da cadeira.
A intenção é facilitar na hora de escolher o modelo e em qual ambiente ela deve ser melhor aproveitada.

Para ficar mais fácil e descomplicar nossa vida, vejam a explicação:

SIGLAS MODELOS DAS CADEIRAS EAMES 

Cada letra descreve a característica de cada cadeira em todas as partes e nesta ordem:
Altura – que identifica se é para mesa de jantar ou algo mais descontraído;
Modelo/Material – que é o que diferencia se é uma cadeira (sem apoio de braço) ou uma poltrona (com apoio para braço);
Base/Material – material que é feito o suporte/pés da cadeira, se é madeira ou ferro/arame.


Cada letra e seu significado:
1° letra quer dizer a altura, onde ela pode ser usada devido a altura da própria cadeira:
L: Lounge – ideal para um lugar de descanso, de descontração;
D: Dining – jantar, entende-se para o uso de sala de jantar, mesa de jantar;
S: Side – pode entender como uma cadeira que serve de apoio, complemento para um ambiente.


2° letra diz respeito as características como modelo se cadeira ou poltrona:
K: K-wire: encosto e assento aramados – K-wire ou Kirschner-wire é o mesmo material usado em cirurgias de reparação de fraturas. Este material foi desenvolvido pelo médico alemão Martin Kirschner. O sobrenome do médico que da o nome ao material e por isso a letra K, está no nome da cadeira DKR (Dining K-wire R-wire)

O que traduzido ao “pé da letra”, wire é arame e a palavra K-wire ou Kirschner-wires são pinos de aço inoxidável usados em cirurgias de correção de fraturas de ossos.
A: Armchair – são cadeiras com apoio para os braço, também chamadas como poltronas ex: DAR (Dining Armchair R-wire) Balanço


3° letra diz respeito aos pés da cadeira, em relação ao material usado:
R: R- wire: base de arame, o famoso “pé Torre Eiffel. O “R” esta ligado a palavra em ingles Rod, que quer dizer haste ou varas de arame.
W: Woold legs: pernas ou pés de madeira.



Na minha casa com certeza irei ter uma cadeira Eames, acho ela linda.
Aguardem mais posts com inspirações da Cadeira Eames em diversos ambientes.
As informações sobre as siglas foram retiradas do Blog Essência Móveis.



Acompanhe o blog nas redes e fique por dentro das novidades:


Facebook  ♥ Instagram ♥ Youtube


Share:

0 comentários