Visita ao Museu do Futebol - Pacaembu


Quem me acompanha pelo Instagram (segue aí) deve ter visto que passei alguns dias em São Paulo, poucos dias na verdade, mas que aproveitei para visitar lugares que ainda não conhecia.
Um deles foi o Museu do Futebol.  
O Museu foi construído no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, Estádio Municipal do Pacaembu.
Se engana quem pensa que o Museu é só para quem é apaixonado por futebol, é claro que o foco é esse, mas minha gente, futebol também é cultura e história, vocês vão entender isso ao decorrer do post.



O Museu é super tecnológico, logo entrada você dá de cara com o Pelé em uma tela em tamanho natural te dando boas vindas e falando um pouquinho sobre o Museu, detalhe: em português, espanhol e inglês.

A sala abaixo é composta por diversas fotos antigas que dizem respeito a momentos históricos importantes, como o primeiro time de futebol formado, casamentos de celebridades da época, carnaval, shows, etc.


Alguns quadros são giratórios,  ao girar você encontra outra foto atrás.
 

Cada quadro possui um número de identificação, e logo na entrada da sala ficam alguns cadernos de legenda em português e em espanhol para as fotos.





Voltando à parte tecnológica, em uma sala você se sente como se estivesse assistindo uma partida de futebol em um estádio. Lá tem diversos projetores de imagem em lugares diferentes mostrando a arquibancada e com um som super alto, você realmente sente que está no meio da torcida.
Só mesmo estando lá para entender.


Nessa parte ficam diversos monitores, que em cada bloco diz respeito à um ano/década importante das copas do mundo. E são registrados não só momentos importantes do futebol, mas fatos que ocorreram no mundo inteiro, como:  1950 Elvis Presley no auge, em 1996, o acidente com Mamonas Assassinas, em 1997 as Spice Girls, entre outros.








O Museu também homenageou as emissoras de rádio em uma sala, afinal, antes os jogos eram em sua maioria, "ouvidos". 
Nessa sala você se senta em uma cadeira em frente à uma tela e pode "sintonizar" algum jogo e escolher o narrador quer ouvir narrando a partida.



Uma das salas que mais gostei foi a das"Curiosidades". Lá estão curiosidades como, o  maior número de jogadores expulsos em uma partida, o gol mais rápido, o jogo com maior número de gols, maior goleada entre outras coisas que a gente nem imagina.













Charles Miller, percursor do Futebol no Brasil.


















Bolas e chuteiras usadas no decorrer  da história do Futebol.





Dá para imaginar que antes (em 1914) as chuteiras eram assim? Feitas com couro e madeira?!


E agora (2009) estão assim...




Um grande livro com uma página para cada time do Brasil. Com data da fundação, hino e grito da torcida,principais vitórias, títulos, ídolos mais conhecidos, estádios.






Time da minha cidade linda!
Gostei de ver que o Museu está adaptado para a visita de todos, as placas de curiosidades estão em braile e possuem  textura para deficientes visuais e também existem elevadores para maior acessibilidade.




Além de tudo que tem dentro do museu, lá fora acontecem encontros de torcedores.
No dia da nossa visita estava acontecendo um encontro de colecionadores de times de Minas Gerais. Estavam vendendo e trocando camisetas antigas, bandeiras, figurinhas, livros e muito mais.









 De um dos corredores você sai bem pertinho do campo.




O museu conta com diversas outras atrações, que nem cabem aqui. Mas acho que consegui mostrar um pouquinho de lá para vocês. Espero que tenham gostado.


Se você está com viagem marcada para São Paulo não deixe de conhecer o Museu do Futebol.

O Museu do Futebol fica na Praça Charles Miller, s/nº, no avesso das arquibancadas do Estádio Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido como Estádio do Pacaembu.

Horário de Funcionamento é de terça a domingo das 9 horas às 17 horas.
O Museu não abre às segundas-feiras e em dias de jogos no Estádio do Pacaembu o horário é diferenciado.

O Ingresso custa $ 6,00 e o pagamento pode ser feito com cartão.
Estudantes, professores da rede pública e maiores de 60 anos ou aposentados pagam meia-entrada (mediante comprovação).

Ah, e aos sábados o ingresso é gratuito para todos os visitantes!

Quem quiser saber mais sobre o Museu do Futebol é só acessar o site, tem muita informação bacana.


beijos, Aline

Share:

1 comentários

  1. Parabéns, lindas as fotos e a escrita está muito legal!

    ResponderExcluir